Deputado Federal José GuimarãesGuimarães visita militantes em greve de fome por libertação de Lula

02/08/2018

Imprimir notícia

Compartilhe esta postagem:


Guimarães visita militantes em greve de fome por libertação de Lula

Após as primeiras 24 horas de greve de fome, os seis militantes que estão sem comer, por tempo indeterminado, em prol da libertação de Lula receberam na tarde desta quarta-feira (2) o apoio e a solidariedade de parlamentares militantes e artistas, em ato em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Os grevistas reafirmaram a disposição de continuar o protesto para garantir ao Brasil um processo eleitoral democrático e soberano, capaz de devolver ao País os rumos do crescimento econômico e da distribuição de renda, com a recondução de Lula à Presidência da República.

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Lula Pimenta (RS), destacou que o ato extremo dos seis militantes tem como objetivo chamar a atenção da comunidade internacional para expor a grave situação do Brasil, com o claro rompimento do Estado democrático de direito e a instituição de um Estado policial que mantém há mais de 100 dias o maior líder brasileiro como preso político.

O deputado José Lula Guimarães (PT-CE), líder da Oposição na Câmara, foi ao STF prestar solidariedade aos grevistas, destacou a coragem do grupo, que, segundo ele, dá um verdadeiro exemplo de civismo. “Esses seis companheiros dão uma demonstração de compromisso com a democracia, com o povo e com o Brasil, ao realizar essa greve de fome por justiça e pela liberdade do presidente Lula”, definiu.

Também disse que eles estão lutando pelo direito de o Brasil realizar eleições limpas e democráticas. “Portanto, a nossa solidariedade neste momento é extensiva a todos os movimentos sociais do País, que se enxergam nesses companheiros que estão aqui e são um exemplo de coragem e de determinação”, detalhou.

Estão em greve de fome deste às 16h de terça-feira (1º) Vilmar Pacífico, Jaime Amorim e Zonália Santos, todos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST); Frei Sérgio Görgen e Rafaela Alves, ambos do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA); e Luiz Gonzaga (Gegê), da Central de Movimentos Populares (CMP).

PT na Câmara