Deputado Federal José GuimarãesFrentes parlamentares lançam campanha “O Petróleo é do Brasil”

08/05/2018

Imprimir notícia

Compartilhe esta postagem:


Frentes parlamentares lançam campanha “O Petróleo é do Brasil”

As Frentes Parlamentares Mistas em Defesa da Petrobras e da Soberania Nacional lançarão a campanha “O Petróleo é do Brasil” nesta quarta-feira (9) às 15h30, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados. Trata-se de um evento de extrema importância, para articular uma reação organizada de diferentes setores da sociedade para anular ou impedir atos antinacionais do governo ilegítimo Michel Temer, que de uma tacada tem entregue a grupos estrangeiros, a preço de banana, o petróleo do pré-sal, fatias da Petrobras e empresas estatais.

O líder do PT na Câmara, Paulo Lula Pimenta (RS), observa que está mais do que claro que o golpe de derrubou a presidenta legítima Dilma Rousseff em 2016 foi realizado para entregar o pré-sal aos estrangeiros. “Há blocos praticamente doados a petroleiras estrangeiras, que conquistaram por centavos de real o barril de petróleo que hoje custa mais de US$ 70 – é uma vergonha”, diz Pimenta.

Ele lembra que nunca houve um ataque tão intenso às riquezas nacionais como tem sido feito por Temer e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, que age como uma espécie de despachante dos interesses estrangeiros à frente da estatal. “Ativos da Petrobras são vendidos a preços irrisórios, fazendo a festa de grupos estrangeiros. Fatiam a Petrobras e cometem um crime contra o povo brasileiro”.

Antipovo – O deputado Carlos Lula Zarattini (PT-SP) qualifica como uma “operação antipovo e anti-Brasil” o que tem sido feito por Temer. Observa que nos governos Lula e Dilma o valor da Petrobras saltou de R$ 60 bilhões em 2002 para R$ 210 bilhões em 2016. “A Petrobras sempre deu lucro e tinha o interesse da população em primeiro lugar, tanto que o preço do gás era estável e a gasolina subiu pouco”.

Com Temer e Pedro Parente o bujão de gás, em menos de dois anos, saltou de R$ 40 reais para quase R$ 100. A gasolina também subiu mais de 60% – de R$ 2,80 para mais de R$ 4,50.

Crime contra o Brasil

O deputado José Lula Guimarães (PT-CE), líder da Oposição na Câmara, alerta que, se a Petrobras for privatizada, os aumentos serão ainda maiores, pois a lógica dos estrangeiros é só o lucro. “Vai faltar dinheiro para o povo fazer supermercado, pois aumento da gasolina impacta todos os preços”. Para Guimarães, a entrega do pré-sal e da Petrobras insere-se na mesma estratégia de favorecimento de grupos estrangeiros, para lucros estratosféricos em um setor que em qualquer país minimamente sério é tratado como de interesse nacional.

Os três parlamentares concordam que é preciso reagir já ao desmonte da Petrobras e à entrega das riquezas aos gringos. Eles qualificam como crime de lesa-pátria conceder aos estrangeiros o direito de explorar e controlar os campos do pré-sal, que era o passaporte para o futuro do Brasil, já que seus recursos seriam direcionados a áreas como educação e saúde. Esses recursos, com Temer, agora vão direto para os cofres de empresas como a Shell.

O governo concedeu estímulos fiscais para os estrangeiros que vão chegar a R$ 1 trilhão nos próximos anos. Esses recursos podiam ser usados em benefício do povo brasileiro, lembra Paulo Pimenta.

PT na Câmara